Notas:

Os elementos apresentados abaixo são configurados por padrão para permitir que as assembléias se organizem. Eles podem ser modificados, adaptados e evolutivos de acordo com as escolhas dos habitantes.

Conteúdo:

A Organização Democrática Global é política?

O Grande Projeto não se enquadra nos movimentos políticos tradicionais.

Por outro lado, a Organização Democrática Global, que permitirá que o povo tome decisões, é de natureza política comprovada. De fato, ela tem mesmo a ambição de federar a maioria da humanidade e incentiva, como seu nome indica, a transição para uma Organização Democrática Global. Inspirada nos princípios de Sociocracia e Democracia, que extrai de cada um deles os elementos necessários para que o senso comum se organize, deixando ao mesmo tempo a escolha para o povo fazer propostas e mudanças. Não é um partido político, mas uma nova forma de governança compartilhada.
A particularidade deste tipo de organização é que ela é construída em rede e sem líderes. As decisões são tomadas pelas assembléias que buscam o consentimento ou, na falta deste, pelo voto dos habitantes.

Por que trabalhar em assembléias?

As assembléias da Organização Democrática Global (ODG) permitem:
1) de propor uma alternativa ao modo de governança piramidal clássico constituído
de uma combinação mais ou menos formal de votos majoritários e decisões
autocráticas.
2) de promover a implementação de processos de democracia participativa e direta nos
nos quais a iniciativa e o poder são distribuídos de forma justa.
3) de desenvolver espaços de cooperação e colaboração em vez de espaços
dominados pela concorrência.
4) de incentivar a escuta, o diálogo e a criatividade.
5) de co-construir decisões e projetos através de processos destinados ao
desenvolvimento da inteligência coletiva.